Instrui o menino no caminho em que deve andar, e, até quando envelhecer, não se desviará dele. Provérbios 22:6

Por Let God be True.

Ensinar a criança, funciona! Uma criança apropriadamente treinada teme ao Senhor e terá uma vida de sabedoria e de justiça como adulto. Somente um milagre da graça pode desfazer o mau ensino de uma criança. Deus é fiel. Sua palavra é fiel. Não questione esta promessa. As exceções não alteram a regra. Creia nela! Aplica-o! 

Aqui não há nenhum segredo ou mistério. Pais preguiçosos buscam métodos especiais para treinar os seus filhos. Eles estão sempre buscando, lendo, comprando livros e participando de seminários, mas raramente estão treinando os filhos. As ações são mais importante do que a técnica. Consistência é mais importante do que a intensidade. Pare de procurar por uma forma mais fácil ou inteligente. Arregace as mangas! 

Este provérbio é um mandamento, não uma sugestão. Ele é uma promessa, não uma possibilidade. Aqueles que acreditam na Bíblia confiam nesta regra tanto quanto nos outros versículos. Eles não são intimidados pela tarefa que está diante deles. Eles colocam a sua confiança nas preciosas Escrituras, e partem para a tarefa, hoje! 

Salomão disse, “Instruir”. Ele não disse criar. Algumas coisas nós criamos, mas as crianças, nós ensinamos. Dando à criança alimentos nutritivos, providenciando roupas adequadas, dando a ela o seu quarto próprio e beijando-a quando ela vai dormir, não é ensinar. A maioria das espécies animais faz isso pela sua prole. Ensinar uma criança é dar instrução e disciplina planejada com o objetivo de formar, a longo prazo, o caráter e a sabedoria no temor de Deus e no conhecimento das Escrituras. 

Nós as formamos. Isto descreve o período entre o berço e a maturidade. O treinamento deve começar imediatamente, pois bebês podem ser ensinados que existe uma hora certa para se alimentar e que nem todo e qualquer choro recebe a atenção imediata. O bebê progride de um estágio de controle para um de instrução e, seguida, para um de aconselhamento. Isto continua através de sua puberdade e de um novo conjunto de desafios. Isto continua até a sua maturidade, quando então o jovem adulto forma um novo lar e o processo começa tudo de novo. 

Nós os instruímos “no caminho”. Os pais não podem instruir a cada passo, mas podem instruí-los no caminho (Gn 18:19). Deus as deu a nós, com uma mente como a de uma lousa em branco. Nós enchemos aquela mente com conhecimento e sabedoria divina. Da mesma forma em que as Escrituras não nos dita a cada passo de nossa vida, permitindo-nos muita liberdade individual, assim também nós as treinamos no caminho da santidade divina.

O menino deve ser instruído no caminho “em que deve andar”. Não pode ser no caminho que ele quer ir. Cada criança tende para a loucura e ao pecado desde os nossos primeiros pais. Sem treino contra a tendência instintiva, eles se tornarão pecadores endurecidos e comprometidos com o pecado. Nenhum treinamento é treinamento tendencioso – você terá um filho tolo (Pv 29:15). O caminho que eles devem andar é o caminho da justiça, claramente exposta nas Escrituras (Dt 6:4-9; 29:29; Ef 6:4). 

Quando forem “velhos” eles seguirão a instrução recebida. Aqui nós temos uma promessa para ser acreditada, mas ela também nos dá certa margem durante o difícil período da adolescência, ou durante os anos da adolescência, antes que se tornem “velhos”. Apropriadamente instruídas como crianças, os anos da adolescência não precisam ser difíceis. Se treinados consistentemente, eles reverterão àquele treinamento quando forem adultos. Creia nisto! Conte com isto! 

Em que consiste treinar uma criança? É o exemplo consistente de um viver justo que a criança pode sentir inicialmente e que ele vai seguir na medida em que ela desenvolve. É o ensinar a respeito da existência de Deus e na autoridade absoluta da Bíblia. É o forçar o cumprimento estrito e severo das regras de Deus e da autoridade paternal. É ensinar com a repreensão e com a vara. É o ensinar repetitivamente durante todo o dia. É a utilização de reforços positivos e negativos de comportamento. É o relacionamento aberto com as crianças, permitindo que elas o conheçam e que as conheça muito bem. 

O que não é treinamento de crianças? Gritar com uma criança não é treinamento. Enviando-os para uma escola cristã é só parte do treinamento. Intimidando ou implicando com ela não é treinamento. Jatos intermitentes de regras e punições não é treinamento. Brincando de pega no quintal não é treinamento. Vila Sésamo não é treinamento. Colocando a mãe como responsável não é treinamento. Embalando-os com carinho não é treinamento. Dando a elas mesadas sem esforço duro não é treinamento. 

As gerações passadas cresceram no campo observando e treinando os animais. Se eles não treinassem certos animais, eles poderiam morrer de fome ou ficarem seriamente prejudicados. Treinar crianças depois de terem observado os potros serem adestrados e mulas treinadas para o arado, era fácil. Não há nenhuma ciência de foguetes, nisto, e a busca de novas e criativas técnicas é perder o trem. Qualquer dos pais pode treinar os seus filhos, se eles se desfizerem do seu egoísmo e da sua preguiça! É de dar vergonha que um cão pode ser ensinado a guiar um cego e que crianças não podem ser. 

As crianças desta geração estão em uma confusão. Elas são arrogantes, tolas, ignorantes, imaturas, preguiçosas, profanas, rebeldes e extravagantes. Existe uma causa para as suas disfunções pessoais e sociais. Os seus pais eram muito ocupados, egoístas e preguiçosos para treiná-los. A consequência disso é uma geração de tolos, que produzem ainda mais tolos. O futuro de nossa nação é sombrio, não por causa dos nossos governantes, mas por causa dos seus tolos pais. 

Que o justo levante! Que cada pai cristão tome para si este provérbio e vá à luta. Deus e descendentes sábios, com um mínimo de esforço, estão a uma frase de distância um do outro! Faça um esforço razoável e consistente, e confie o resto ao Senhor (Sl 127:1-2). Ele pode multiplicar alguns pães e peixes para alimentar uma grande multidão com muitas sobras. Ele pode abençoar os seus esforços de forma a produzir crianças justas, que trarão alegria para o seu coração. Não há razão para ser derrotado! Existe toda razão para se exultar! Senhor, nos ajude!

E ai, gostou do  artigo? Que tal abençoar minha vida? Tenho 2 livros, físico e e-book, publicados na Amazon que podem abençoar ainda mais a sua vida. Desde já, obrigado por sua Generosidade, e que Deus o abençoe cada vez mais!

As 10 Lições que aprendi com José

jose-pq

As 10 Lições que aprendi com o profeta Elias

elias-pq

Anúncios