Estavam casados as 6 anos, porém, já parecia uma eternidade; O namoro fora maravilhoso; Estavam apaixonados; Se entendiam, se ‘amavam’ e quando discutiam, logo, voltavam as pazes; Até que veio o casamento; O 1º ano foi sensacional, entretanto, a paixão deu lugar a realidade dos fatos, logo, algumas coisas estranhas começaram acontecer; Ele já não era tão prestativo, ela já não era tão receptiva ao contato físico; No 3º ano, veio o filho do casal, e as pequenas diferenças se tornaram gritantes; agora, pensa em se divorciar;

Ok, este texto retrata um casal fictício, entretanto, a história contada é semelhante ao que ocorre na vida real;

as 5 linguagens do amor.jpg

A pergunta que fica é por que, os relacionamentos se desgastam ao longo do tempo? Por que perdemos o interesse, por aquela pessoa, que outrora, amávamos? A meu ver, todas estas perguntas foram respondidas pelo escritor e palestrante Gary Chapman, no livro As 5 Linguagens do Amor;

O escritor apresenta dois conceitos interessantes sobre o relacionamento amoroso; O primeiro é a chamada linguagem do amor, em outras palavras, a forma pela qual entendemos, que somos amado por alguém; Chapman, utiliza o exemplo da linguagem como meio de explicar, que só nos sentimos amados, quando somos comunicado disso; Entretanto, para que a comunicação deste amor possa ser entendida, é necessário que entendamos a linguagem de nosso parceiro; Ao utilizar o conceito de idioma em relação ao amor, Chapman, já deixa claro, o porque de muitas vezes, demonstrarmos amor a alguém, mas não sermos correspondidos; Por exemplo, se tento me comunicar em mandarim, com um falante deste idioma, não conseguirei me fazer entender, pois, não conheço palavra alguma deste idioma, em caso extremo, será necessário mímica e desenhos para que possamos ter noção do que estamos tentado comunicar, um ao outro; por outro lado, nos relacionamentos afetivos ocorre situação semelhante, quando tentamos demonstrar amor a alguém, mas não conhecemos a ‘linguagem amorosa’ desta pessoa;

Outro conceito é o tanque emocional, que representa todo o tipo de carinho, afeição, amizade, raiva e ódio, do qual fomos alvo no passado, em outras palavras, se recebemos atenção e carinho de nossos pais, em nossa infância e adolescência, chegamos a idade adulta, de ‘tanque cheio’, logo, não seremos pessoas carentes de atenção, aceitando, relacionamentos abusivos ou sem entrega de ambas as partes, somente, para que nossa necessidade emocional por atenção, seja suprida.

As 5 linguagens do amor são:

Palavra de Afirmação

pe do ouvido

Pessoas que falam esta linguagem emocional, sente-se amadas, quando recebem palavras de elogio, sobre alguma virtude ou ação que tenha feito;

Por exemplo: Você está linda neste vestido!

Você está lindo neste terno!

Me sinto segura com você do meu lado!

Adorei o jantar desta noite, estava delicioso!

Salomão, escreveu em provérbios 18.21, ‘ A língua tem poder sobre a vida e sobre a morte’, em outras palavras, pessoas que sentem carinho e amor através de palavras de afirmação, podem ser motivadas a amar ou a desprezar, mediante as afirmações que ouvem;

Além das palavras de elogio, as palavras encorajadoras ou de motivação, costumam surtir efeito positivo, em que se comunica emocionalmente por esta linguagem; Além disso, o tom da voz, tem igual relevância, tanto quanto as palavras ditas; Quanto maior for a ternura na entonação da voz, aliada a palavra gentil, maior será o efeito, na pessoa, alvo, da afirmação;

Tempo de Qualidade

tempo de qualidade

Pessoas que falam esta linguagem emocional, sente-se amadas, quando recebem atenção total, por parte do parceiro; É importante esclarecer, que dá atenção ao parceiro não significa fazer algo juntos, por exemplo, ir ao cinema, não conta, como tempo de qualidade, pois, neste caso, sua atenção estará no filme e não na pessoa que está ao seu lado; No caso, tempo de qualidade é quando sentamos a frente da pessoa e conversamos olho no olho, sobre assuntos de interesse da pessoa amada; este tipo de conversa é chamado pelo escritor, de conversa de qualidade, aquela em que partilhamos experiências, sentimentos, pensamentos e desejos em um contexto amigável e sem interrupções; Segundo Chapman, as pessoas que reclamam que seu parceiro não conversa, não, estão dizendo que seu parceiro vive calado, mas que não consegue manter uma conversa agradável;

Por fim, o tempo de qualidade inclui atividades de interesse mútuo; Neste caso, o que conta para pessoa que se comunica emocionalmente pelo tempo de qualidade, não é a atividade em si, mas o tempo e atenção que recebe, do parceiro, durante a realização da atividade;

Presentes

presentes.jpg

Pessoas que falam esta linguagem emocional, sente-se amadas, quando são presenteadas; É importante esclarecer que não é valor financeiro do presente, que faz o parceiro sentir-se amado, mas sim o ato de presentear, que dá sensação, a quem recebe o presente, de sentir-se lembrado;

O escritor, enfatiza que o presente é um símbolo visual e público do amor, além disso, revela em quem pensamos, já que precisamos pensar na pessoal amada para presenteá-la;

Outro importante aspecto desta linguagem emocional é que presentes não são apenas, objetos inanimados ou animais de estimação; O melhor presente que alguém pode dar em uma relação amorosa é si mesmo, estando presente, nos momentos felizes e tristes dá pessoa amada.

Atos de Serviço

ato de serviço.jpg

Pessoas que falam esta linguagem emocional, sente-se amadas, quando seus parceiros realizam serviços que elas desejam que eles façam; Geralmente os pais, são tocados por esta linguagem, no momento em que seus filhos realizam tarefas domésticas necessárias;

É importante se esclarecer, que os atos de serviços devem ser feitos por amor, isto é, como ato de doação de tempo e de si mesmo para a pessoa amada, e não como algo forçado, involuntário; Uma pessoa que fala esta linguagem emocional, tentara expressar seu amor, através de serviço voluntário, contudo, corre o risco de se tornar ‘capacho’ do parceiro, caso este, a obrigue a fazer estes trabalhos através da coerção ou da ameaça;

Toque Físico

toque fisico

É a linguagem mais conhecida e mais falada emocionalmente; De alguma forma, todo ser humano, é influenciado por ela;

Pessoas que falam esta linguagem emocional, sente-se amadas, quando seus parceiros as tocam fisicamente; É importante esclarecer, que toque físico, não significa, apenas toque voltado ao ato sexual, é também todo toque que representa carinho, afeição e amizade;

Amar é Uma Escolha

amor escolha

Outro importante ponto, levantado por Chapman, é que amor, assim como, o ódio, é uma escolha pessoal.

Decidimos se vamos ou não amar alguém. Decidimos também odiar; Podemos ser levados ao amor ou ao ódio através da ação externa, mas quem decide, o tipo de sentimento a ser cultivado, somos nós.

Amar Quem É Difícil De Ser Amado

amando alguem dificil.jpg

É possível amar, alguém que nos trata mal? Chapman revela que sim, para isso ele cita o exemplo de Jesus que no evangelho escrito por lucas, diz “

Mas a vós, que isto ouvis, digo: Amai a vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam; Bendizei os que vos maldizem, e orai pelos que vos caluniam.[…]
E como vós quereis que os homens vos façam, da mesma maneira lhes fazei vós, também.
E se amardes aos que vos amam, que recompensa tereis? Também os pecadores amam aos que os amam.” Lucas6.27,28,31,32;

O melhor exemplo, a seguir é o de Cristo Jesus, que nos amou, antes mesmo que viéssemos a conhecê-lo.

A maior singularidade do amor é que constrange quem é alvo de sua afeição, na medida em que maior é o volume do sentimento demonstrado.

Como Descobrir Sua Linguagem Emocional?

linguagem do amor

O escritor detalha que geralmente a nossa linguagem emocional é a que mais utilizamos para demonstrar que amamos alguém. Outra importante pista está em quais atitudes mais desejamos receber de alguém que amamos;

Além disso, podemos desenvolver todas as linguagens ao longo de nossa vida, através do exercício de cada uma delas;

Conclusão

Decidi ler este livro, depois de ouvir de amigos que era excelente para relacionamento conjugal; Não sou casado, mas posso dizer que é também excelente para solteiros, além disso, as linguagens do amor não são específicas apenas ao ato conjugal, mas são relevantes para o desenvolvimento de nossas amizades e no relacionamento familiar.

O que peço a você, leitor, é que leia este livro. Se eu estivesse lido algum tempo atrás, estaria casado.

Se este artigo gerou valor positivo para sua vida, eu tenho 2 livros, físico e e-book, publicados na Amazon que podem abençoar ainda mais a sua vida.Saiba como venci a depressão e ansiedade e como aprendi a conviver em paz com a minha família. Baixe o aplicativo Kindle  gratuitamente para o seu Smartphone ou computador.

As 10 Lições que aprendi com José

jose-pq

As 10 Lições que aprendi com o profeta Elias

elias-pq

Anúncios