Imagine. Você coloca todas as suas esperanças em alguém ou em alguma coisa e no entanto, esta pessoa ou objeto, não age conforme você esperava; Sua  frustração é grande, ao ponto, que desânimo lhe impede de pensar em novas oportunidades; Foi assim que os discípulos reagiram diante da morte de Cristo, eles desanimaram ao ponto, de não se lembrarem que Jesus havia dito 3 vezes que sua morte seria necessária, entretanto, ao terceiro dia ressuscitaria para a glória de Deus;

Oi, leitor pra você que chegou neste Post, o título acima corresponde a 12º lição da CPAD para a classe de Jovens do 1º trimestre de 2018.

REVISTA IOVENS 1° TRIMESTRE 2018

O desânimo sempre nos leva a voltar atras em nossa trajetória; Não foi diferente com os discípulos de Jesus, que buscaram voltar para o lugar em que eles se sentiam confortáveis. Quando desanimamos de uma atividade ou situação, sempre buscamos voltar a nossa zona de conforto anterior ao processo que estamos tentando concluir; Foi assim com o povo de Israel quando desanimou de entrar em Canaã, devido as dificuldades do deserto, eles chegaram a montar uma expedição para voltarem ao Egito; Os discípulos de Jesus voltaram galileia porque era a terra da onde haviam saído; Suas casas, famílias e mesmo antigos empregos estavam na galiléia, portanto, voltaram para a zona de conforto,contudo, esta não era a vontade de Deus para eles; O evangelho de Marcos registra que Jesus os ordenou ficar em Jerusalém até que fossem revestidos de poder e só depois disso, é que poderiam sair anunciando o evangelho de Cristo.

Jesus estabelece um novo paradigma!

Após o reencontro de Jesus com seus discípulos, o senhor deixou duas importantes recomendações sobre a missão que deveria ser executada pelos seus tenentes. A primeira recomendação era uma quebra de paradigma a muito tempo estabelecido: O amor de Deus não estava mais restrito ao povo Judeu, agora, todo aquele que crer no sacrifício de Jesus para remissão de pecados, é um filho de Deus. Quando Jesus ordena aos seus discípulos para que levassem o evangelho da graça de Deus a todas as nações, estavam dizendo que o amor de Deus cobria toda humanidade, isto significava que a salvação não estava mais restrita ao povo Judeu, mas todos quantos cressem em seu nome, Jesus daria o poder de serem feitos filhos de Deus;

A segunda recomendação de Jesus foi para que discípulos batizassem os novos convertidos em nome de da trindade divina; Esta ordenança tinha como significado representar o novo nascimento do ser humano, agora não mais inimigo de Deus, e sim uma nova criatura, amiga de Deus;

EMANUEL

Antes que voltasse aos céus, Jesus relembra aos seus discípulos como os haviam ensinados e lhes ordena que façam o mesmo em relação aos novos convertidos; O mestre também alerta para o surgimento de falsos cristos e falsos profetas no meio de se povo; O fato é que desde o momento em que Deus estabeleceu um povo na terra  e chamou de seu povo, Satanás sempre infiltrou seus filhos no meio. Foi assim quando o povo de Israel saiu do Egito, Satanás infiltrou povos que não eram hebreus e que não conheciam a Deus no meio do povo, mais tarde foram estas pessoas que iniciaram as murmurações em massa e as expedições de volta ao Egito; Foi assim quando o povo de Israel entrou na terra prometida, Satanás consegui manipular Josué e Israel para que no meio do povo de Deus, estivessem os Gibeonitas, um povo que não conhecia a Deus e nem obedecia a sua lei; Mais tarde seriam os gibeonitas que introduziriam os falsos deuses no meio de Israel; Por mais que Jesus tenha alertado seus discípulos a respeito do fermento dos fariseus, Satanás consegui semeá-ló no meio da igreja primitiva através das pseudos conversões de sacerdotes judeus, muitos dos quais estiverem tramando a morte de Cristo, mais tarde, estes homens tentaram inserir na teologia da graça de Deus, que apenas crer no sacrifício de Jesus, não era o suficiente para ser aceito por Deus, era também necessário cumprir a lei moisaca e os ensinamentos tradicionais repassados pelos antigos mestres Judeus para que a pessoa pudesse ser salva. Estes homens causaram grandes prejuízos ao evangelho de Cristo e foram motivo de muita dor de cabeça para os apóstolos, principalmente Paulo, que sofreu devido as difamações desta gente.

Apesar de Jesus estar voltando aos céus, ele não deixa seus discípulos novamente desolados devido a sua ausência. Ele prometeu que sempre estaria presente! Foi o cumprimento da promessa feita em MT 1.23, ‘ e ele sera chamado pelo nome de EMANUEL’, de fato, o Senhor Jesus esta conosco até o fim de todos os tempos! Louvado seja Deus!

Se este artigo gerou valor positivo para sua vida, eu tenho 2 livros, físico e e-book, publicados na Amazon que podem abençoar ainda mais a sua vida.Saiba como venci a depressão e ansiedade e como aprendi a conviver em paz com a minha família. Baixe o aplicativo Kindle  gratuitamente para o seu Smartphone ou computador.

As 10 Lições que aprendi com José

jose-pq

As 10 Lições que aprendi com o profeta Elias

elias-pq

Anúncios