Você consegue imaginar a internet sem a existência do Facebook, whatsapp, Youtube, Twitter ou Instagram? Ou ainda, por quanto tempo você consegue se abster de usar as redes sociais citadas acima? Eu consegui por uma semana, na maior ‘sofrência’. Se antes jejuar significava  abster-se de alimentos e bebidas por um determinado período de tempo, hoje temos uma nova modalidade: o Jejum de rede social.

Oi, leitor pra você que chegou neste Post, o título acima corresponde a 10º lição da CPAD para a classe de Jovens do 4º trimestre de 2017

liçao jovens 4.tri

O fato é que as redes sociais vieram pra ficar; elas definiram o senso comum do que é a internet, informação e comunicação no século 21, logo não dá pra evitar sua influencia no cristianismo e na vida dos cristãos.

Aqui vai alguns dados sobre a influência que  as redes sociais exercem em nossa vida:

22% da população mundial usa o Facebook, isso equivale 1,5 bilhões de pessoas.

75% dos usuários da internet do sexo masculino tem perfil no Facebook.

O Instagram é a rede social preferida das mulheres. A maioria dos usuários do Instagram tem entre os 18-29 anos.

81 % millennials (a geração da internet, nascidos entre 1995 e 2010) verificam o Twitter ao menos uma  vez  ao dia.

Os dados comprovam que a cultura do século 21 é, e continuara a ser moldada pela cultura cibernética. Considerando que toda cultura é criação humana e o homem é uma criação divina, a cultura pode ser uma extensão da sabedoria divina compartilhada com o homem, ainda que a cultura não tenha caráter religioso, assim ela pode conviver com a conduta cristã, além disso, a cultura de uma região ou de povo pode ser aliada na cristianização das pessoas, como demonstra o Apóstolo Paulo que utilizava se dos costumes locais para falar de Jesus cristo. Por outro lado, nem tudo são rosas. Há aspectos na cultura local que são contrários a palavra de Deus, no caso da cultura cibernética, a situações que  implica cuidados e a situações que são oportunidades ao povo Cristão de espalhar o evangelho.

Perigos das Redes Sociais

vicio em redes sociais

Vício digital

vicio digital

Eu comecei  este post, relatando a dificuldade da maior parte das pessoas, em largar o smartphone por algumas horas e praticar alguma outra atividade. Não é apenas a geração millennials que tem este problema, adultos das gerações X,Y e até mesmo alguns da geração baby boomer,  estão viciados em ‘checkins’ e curtidas. A revista ISTO É, publicou uma pesquisa recente, em que se constatou que 10% dos brasileiros são viciados digitais, isso corresponde a uma população de 20 milhões de pessoas, são pessoas que passam horas ininterruptas conectadas em redes sociais, por outro lado, quando estão sem acesso a internet,  sente-se angustiadas e ansiosas, tais sintomas são sinais da nomofobia. O medo de ficar desconectado da internet.

Uso inadequado do Tempo

É uma conseqüência natural do vicio digital. Geralmente o uso inadequado do tempo, leva a excesso de ociosidade,atrasos(em qualquer atividade) pouco tempo de estudo e pouco tempo para as pessoas reais.

Pornografia na rede

viciada online

Com o tempo cada vez maior gasto na internet, é impossível que a pessoa não tenha visto uma imagem  pornográfica. O fato é que a velocidade de conexão e o numero cada vez maior de pessoas acessando a grande rede, tem feito com que a pornografia se dissemine e se torne algo aparentemente ‘normal’. Contudo, pequenos descuidos nesta área podem te causar sérios problemas espirituais e emocionais. O apóstolo Paulo disse ‘todas as coisas me são licitas, mas nem todas me convém’.

Perigo da superesposição

É cada vez maior o numero de perfis falsos nas redes sociais por pessoas mal intencionadas, muitas vezes esses perfis são construídos com imagens de pessoas  reais, gerando transtorno ao individuo real. Cuidado com suas opiniões e imagens e dados pessoais que você divulga na internet, isto pode ser usado contra você.

Amizades descartáveis

Se tornou comum adicionar alguém numa rede social, não por quê queremos ser amigos, mas simplesmente aumentar o numero de seguidores de nosso perfil. Na parte das vezes quando estas pessoas não concordam conosco simplesmente as descartamos como se fosse um objeto qualquer.Outra vezes ‘add ‘alguém simplesmente para xeretar a vida da pessoa.

Oportunidades  das redes sociais

curtindo jesus.jpg

O livro de Atos dos apóstolos registra que Paulo, chegou a cidade de Atenas e começou a observar a idolatria dos atenienses, ao ponto de observar que eles adoravam até mesmo os deuses desconhecidos. Mais tarde, Paulo usaria este fato conhecido da cultura ateniense para pregar o evangelho de Jesus Cristo ao povo de Atenas, no local conhecido como areópago, um local de reunião pública, onde os homens livres se encontravam para discutir diversos assuntos. Nos dias atuais, a internet se tornou o areópago moderno, contudo, um areópago de alcance mundial, universal e que pode ser utilizado como plataforma para a pregação do evangelho de Cristo.

jesusnoface

A lição que precisamos aprender com o apóstolo Paulo é saber a hora de usar elementos de nosso cotidiano para apresentar a verdade Bíblica.

Se este artigo gerou valor positivo para sua vida, eu tenho 2 livros, físico e e-book, publicados na Amazon que podem abençoar ainda mais a sua vida.Saiba como venci a depressão e ansiedade e como aprendi a conviver em paz com a minha família. Baixe o aplicativo Kindle  gratuitamente para o seu Smartphone ou computador.

As 10 Lições que aprendi com José

jose-pq

As 10 Lições que aprendi com o profeta Elias

elias-pq

Anúncios