Se preocupar é algo natural ao ser humano. Preocupamos-nos com a comida, com o que vestir, calçar ou onde dormir, entretanto, quando esta preocupação se torna exagerada ao ponto de  ficarmos angustiados devido a não saber o que nos aguarda no futuro, precisamos repensar a nossa vida.

Oi, leitor pra você que chegou neste Post, o título acima corresponde a 6º lição da CPAD para a classe de Jovens do 2º trimestre de 2017.

revista de jovens 2017-2
Comentarista:César m. Carvalho

O senhor Jesus ensinou aos seus discípulos, de todos os tempos, que a ansiedade é um sintoma de um pecado: a incredulidade ou falta de fé no cuidado divino. Não importa a desculpa que a pessoa tem, todas as vezes que começamos a ficar ansiosos com alguma coisa, no fundo de nossa mente estamos em dúvida em relação ao cuidado de Deus por nossas vidas.

O nosso Tesouro

Mas porque vivemos ansiosos? Jesus respondeu esta pergunta, revelando que a ansiedade humana esta ligada aos desejos humanos por riqueza, glória, fama e poder.  Se você observar, os picos de ansiedade que vem sobre sua vida são acionados em momentos que você deseja algo relacionado aos 4 temas descritos acima, por exemplo, quando desejamos ter um estilo de vida de alguém rico próximo a Nós ou quando desejamos sermos reconhecidos por  méritos e acabamos não recebendo a reputação que gostariamos de receber, enfim, a inúmeros exemplos parecidos com os que citei que acaba por servir de motivo para os momentos de ansiedade que passamos na vida, contudo, o senhor Jesus deixa claro em seu ensinamento que a nossa vida não deve ser vivida assim. Para Jesus, o que colocarmos como prioridade de vida, isto se tornará o nosso tesouro, logo o nosso coração (mente) estará amarrado a ele; se uma pessoa coloca como prioridade de vida, a obtenção de riquezas materiais, ela esta focando sua mente nesta meta, o problema é que riquezas materiais são efêmeras, assim, esta pessoa viverá constantemente preocupada com seu tesouro, vivendo ansiosa com o futuro. Por isso Jesus aconselha a colocarmos os nossos tesouros (prioridade de vida) nós céus (no reino de Deus), só assim viveremos com sossego sabendo que nosso Pai é fiel e cuida de seus filhos.

Os nossos olhos

Sabemos que a ansiedade é acionada pelos desejos humanos e o gatilho na maioria das vezes são os nossos olhos. Jesus descreveu que os nossos olhos são a lâmpada do nosso corpo. O que isso significa? Jesus, ao se referir aos olhos, esta ensinando que a forma como vemos a nossa vida, definirá como vivemos. Em outras palavras, os valores que priorizamos em nossa vida, definirão se viveremos bem ou mal, tranqüilos ou ansiosos, confiantes ou desconfiados. Se uma pessoa prioriza o reino de Deus e sua vontade, a mesma colocou os seus olhos em uma recompensa imutável e valiosa, logo seu corpo( sua vida existencial) terá tranqüilidade e sossego, pois Deus é fiel para cumprir o que prometeu,entretanto, se uma pessoa coloca sua prioridade em algo terreno, sua recompensa será terrena e perecível, logo terá que buscar uma nova meta de vida para substituir a anterior que se perdeu, uma pessoa vivendo assim, terá um corpo(vida existencial) tenebroso(vida atribulada).

Deus ou Riquezas

Já ouvir falar sobre o termo duplipensar? O escritor George Orwell criou este termo como definição para o ato de uma pessoa viver com dois tipos de pensamentos ou valores em sua mente que são contraditórios e ainda assim, aceitar a ambos como verdadeiros. Uma pessoa que vive assim sofre constantemente de ansiedade, já que não conseguem viver, duas correntes de valores contraditórios ao mesmo tempo. Ou ela aceita apenas um e descarta o outro, ou acabará maluca. Jesus denunciou esta atitude (duplipensar) em relação à servidão a Deus e as riquezas, ou Deus é o senhor de sua vida ou as Riquezas se tornarão. O fato é que Deus não aceita ser colocado em segundo plano, entretanto, muitos de nos cristãos, vivemos, achando que podemos obter aprovação divina e ao mesmo tempo, colocarmos as nossas prioridades de enriquecimento pessoal acima da vontade divina, não dá. Ou vivemos para agradar a Deus e ser recompensado pela prosperidade divina ou vivemos para servir as riquezas.

Entretanto, podemos viver uma vida totalmente despreocupada com o nosso sustento ou com amanha? A resposta é não. Pode parecer contraditório, contudo, devemos nos preocupar com o nosso futuro, desde que seja uma preocupação equilibrada, onde a nossa confiança não esta em nosso braço ou conhecimento e sim na graça e na misericórdia do Senhor.

Se este artigo gerou valor positivo para sua vida, eu tenho 2 livros publicados na Amazon que podem abençoar ainda mais a sua vida.Saiba como venci a depressão e ansiedade e como aprendi a conviver em paz com a minha família.Baixe o aplicativo Kindle  gratuitamente para o seu Smartphone ou computador.

elias-pq

As 10 Lições que aprendi com o profeta Elias

jose-pq

As 10 Lições que aprendi com José

Anúncios