Quando um estudante conclui um curso superior, sua principal preocupação antes de receber o canudo de bacharel é a tal festa de formatura. Assim como 1º casamento, a 1º festa de formatura do ensino superior é única, aguardada e maravilhosa do ponto de vista do acadêmico, a final simboliza o fim de um ciclo e o começo de outro. Obviamente se estudante não quisesse fazer uma Festa de formatura, ainda assim ele receberia seu certificado de conclusão de curso e começaria um novo ciclo em sua vida, contudo, para a maior parte das pessoas, um momento assim precisa de ato simbólico que represente uma conquista em sua vida, portanto, haja bebida alcoólica, musica eletrônica e dinheiro para desbundar geral.(não se aplica a um cristão)

A igreja do senhor Jesus, também tem as suas ‘festas de formatura’, as festas a quais eu me refiro, não são festas em comemoração há um dia específico ou de fundação de uma igreja ou grupo religioso, mas sim o cumprimento de duas ordens de Jesus: o batismo por imersão e a santa ceia.

O principal motivo de Jesus ordenar a observação destas duas formaturas era enfatizar aos cristãos e aos não-cristãos o surgimento do reino de Deus na terra. Tanto o batismo nas águas por imersão, quanto a santa ceia do senhor, são atos simbólicos representado o senhorio de Jesus cristo sobre a sua igreja, os dois atos em si, não faz com que fiquemos mais crentes, mais fieis ou mais poderosos, entretanto, assim como uma festa de formatura, eles marcam o inicio de uma importante etapa de nossas vidas, portanto, devemos seguir as ordens de cristo.

Batismo

batismo imersão.JPG

O batismo é um ato simbólico que representa o nascer de novo pregado por Jesus, onde a pessoa ao ser submergido nas águas esta sendo sepultada e ao imergir esta nascendo uma nova pessoa, este ato deve ser realizado por pessoas convertidas ao evangelho de cristo, que estejam arrependidas de seus pecados e queiram recomeçar uma nova vida segundo a lei de cristo. O batismo é também um ato simbólico de associação a um novo estilo de vida e a um novo grupo social e religioso, a forma mais coerente com as escrituras de se batizar uma pessoa, é em um local público a vista de testemunhas, formada por cristãos e não-cristãos, já que o batismo representa o abandono das velhas práticas seculares e o inicio de uma nova vida.

Jesus foi batizado por João batista, as margens do rio Jordão, apesar de nunca ter pecado, seu batismo representava o início de seu ministério divino na terra, foi também um ato de exemplo para os seus futuros discípulos, onde exemplificava o início do reino de Deus e as implicações que este reino teria na humanidade posteriormente.

Quando se fala em batismo, é importante se ressaltar que existem dois tipos, o já mencionado por imersão e o batismo por aspersão, este último usado comumente pela igreja católica romana, neste batismo um pouco de água é aspergido sobre a pessoa, representando então o novo nascimento. A bíblia não relata de forma clara, batismo por aspersão, no entanto é possível se deduzir de alguns textos bíblicos este tipo de batismo, como o caso de 3 mil pessoas batizadas em um dia só(at 2.41) o batismo do apóstolo são Paulo (at 9.11-18) e por fim o batismo do carcereiro de Filipós (at 16.29-33). A principal diferença entre as igrejas evangélicas e a igreja romana esta no batismo infantil. Para a igreja católica romana, as crianças devem ser batizadas para que sejam salvas, já que a igreja interpreta ao pé da letra o IDE de Jesus no evangelho de São marcos, quando este diz que quem for batizado será salvo, por outro lado, as igrejas evangélicas não batizam crianças, pelo fato do batismo ser um ato público de fé e que deve ser espontâneo, para isso a pessoa precisa saber o que está fazendo e o significado de sua ação, algo que uma criança não entenderá por completo, por fim se apóiam no fato de que Jesus não foi batizado quando criança, apenas apresentado ao Deus no templo.

Santa Ceia

pao e vinho.jpg

A santa ceia do senhor teve origem no ultimo momento de comunhão e alegria de Jesus com seus discípulos antes de sua morte, ela simboliza que fazemos parte do corpo de cristo e estamos prontos para sofrer como ele sofreu, além disso, A santa ceia representa um momento de gratidão e união que tenho com a igreja de cristo, formada por pessoas em todos os lugares do mundo.

Se o batismo é um ato público de fé, a santa ceia é um ato intimo de fé, onde deve estar presente apenas os fieis que estejam em comunhão com a igreja de cristo. Jesus foi batizado  na presença de todas as pessoas na margem do rio Jordão, mas a sua santa ceia era exclusiva para si e seus discípulos. O motivo era o desejo de estar a sós com seus discípulos em um momento de comunhão genuína sem interferências externas. Os elementos que Jesus institui foram o pão e o vinho, onde pão simboliza o seu corpo sendo sacrificado em prol de seus discípulos e o vinho representa o seu sangue sendo derramado em prol de seus discípulos. É importante se ressaltar que o pão e vinho não são partes literais(doutrina da transubstanciação) do corpo e do sangue de Jesus, conforme afirma a igreja romana,pois isso seria canibalismo e contrário a bíblia sagrada.

Se este artigo gerou valor positivo para sua vida, eu tenho 2 livros publicados na Amazon que podem abençoar ainda mais a sua vida.saiba como venci a depressão e ansiedade e como aprendi a conviver em paz com a minha família.Baixe o aplicativo Kindle  gratuitamente para o seu Smartphone ou computador.

elias-pq

AS 10 LIÇÕES QUE APRENDI COM O PROFETA ELIAS

jose-pq

AS 10 LIÇÕES QUE APRENDI COM JOSÉ

Anúncios