Oi, leitor pra você que chegou neste Post, o título acima corresponde a 11º lição da CPAD para a classe de Jovens do 4º trimestre de 2016, aliás se não leu a 10º lição clique aqui.

licoes-biblicas-de-jovens-do-4-trimestre-de-2016
comentarista: Thiago Brazil
quarto-baguncado
cade o celular?

A reunião deveria ter começado duas horas antes, contudo, o chefe não conseguiu a atenção dos empregados, pior, começou a falar com os próximos a ele, do final de semana passado, enquanto isso havia um entra e sai de funcionários, alguns com lanches outros falando ao celular, o pessoal da limpeza voltou ao trabalho, pois achou que a reunião havia acabado, quando enfim  houve silêncio, era 7 horas da noite, sobrará no local, as luzes acesas,lixo, e as formigas que metodicamente vasculhavam sala à procura de alimento.

Imagine trabalhar em um local assim? Uma empresa que tivesse desorganizado como na cena fictícia acima, rapidamente estaria fora do mercado, afinal se não conseguem se reunir com disciplina e organização, dificilmente vão conseguir satisfazer as necessidades dos clientes, entretanto, e se cada funcionário tivesse um auto senso de organização? É o que toda organização procura e espera de seus colaboradores, contudo, ainda assim são necessária regras de convivência e disciplina no local de trabalho, para que haja boa fluidez na comunicação interna.

Agora imagine que na igreja, não fosse necessário organização de horário, sessão de louvor e nem tempo para a palavra, você acha que conseguiríamos nos entender?

A lição de hoje fala sobre liturgia e sua necessidade na adoração a Deus. Aliás, a resposta para pergunta acima é não. O motivo? A igreja de Corinto fundada pelo Apóstolo Paulo foi uma igreja que se desenvolveu sem uma organização do culto ao senhor, nessa igreja todos queriam falar ao mesmo tempo, todos queriam ouvir ao mesmo tempo e todos queriam mandar em todos ao mesmo tempo, no fim ninguém obedecia ninguém e Deus não era adorado como devia ser.

O espírito santo orientou o apóstolo Paulo para disciplinar e organizar as reuniões eclesiásticas da igreja, a solução paulina pode ser sintetizada em duas palavras: ordem e decência.

Liturgia nada mais é do que isso: ordem no culto e na apresentação de adoração a Deus e Decência na apresentação, tanto do louvor quanto no comportamento no local de adoração.

Liturgia

crescimento-das-igrejas

O termo surgiu da língua grega e tinha como definição o trabalho público em prol da nação, sua execução era honrosa e privilegiada, no campo religioso tem como objetivo organizar o culto de forma que seja efetivo e disciplinado.

A necessidade da liturgia no culto cristão se deve ao fato de que as pessoas que vão as igrejas são indivíduos singulares e diferentes entre si, sua única similaridade é a união em torno da fé em cristo e no seu sacrifício como suficiente para a salvação eterna.

Para estas pessoas a liturgia do culto deve atender a necessidade que cada um tem de adorar a Deus, entretanto, esta adoração não é apenas individual mas também é coletiva, justamente nesta situação é que se torna necessário haver organização na prestação de culto a Deus.

A igreja de Corinto

bola-neve
Estilo Corintios

O apóstolo Paulo escreveu duas cartas aos irmãos de Corinto, o que se observa nessas epístolas é que a igreja corintiana vivia um paradoxo espiritual, era a igreja mais abençoada por Deus com dons espirituais na época do apóstolo Paulo, contudo era a igreja mais desorganizada, carnal que existia naquele período, os cultos ao senhor, geralmente começavam sobre orientação do espírito santo e terminava em briga e contenda entre os cristãos, o motivo é que a medida que havia a ação do espírito santo, ocorriam reações motivadas pela natureza humana como ciúmes, invejas e ambições provocadas pelo poder de administrar a igreja, a causa disso tudo, era o fato de não haver organização na prestação do culto ao senhor, ao ponto da santa ceia do senhor, acabar com cristãos bêbados e vomitando por terem comido demais, enquanto isso outros cristãos passavam fome e sede.Para por fim a esta farra, o apóstolo Paulo sugere aos cristãos a organização do culto com ordem e decência.

A igreja de cristo no século 21

Se você observar as igrejas cristãs de hoje, vai notar que as algumas são estritamente formais na adoração, ao ponto de serem engessadas e previsíveis, cultos á culto, missas á missa, e outras sem ordem alguma na adoração, tudo ocorre na base do imediatismo e na improvisação e no fim quase nada ocorre bem;

Acredito que uma igreja deve buscar o equilíbrio no culto ao senhor, de forma que ação do espírito santo não seja impedida pelo formalismo e nem haja modismos no louvor e na pregação da palavra por falta de disciplina e regras de convivência e apresentação de culto ao senhor, não é fácil conseguir viver uma  adoração coletiva equilibrada, entretanto, o prêmio para a igreja que consegue é aprovação divina.

Anúncios